Caminho dos Diamantes

O Caminho dos Diamantes foi uma das Estradas Reais surgidas no Brasil em função da mineração, no século XVIII. O seu percurso ligava a sede da Capitania, Vila Rica (atual Ouro Preto), à sede do distrito diamantífero, o Arraial do Tijuco (atual Diamantina). A partir da Vila Rica alcançava a Vila do Ribeirão do Carmo de onde inflectia para o Norte, rumo ao Tijuco, passando por Catas Altas, Santa Bárbara, Conceição (atual Conceição do Mato Dentro) e Vila do Príncipe (atual Serro). Uma variante deste trecho, entre Santa Bárbara e Cocais, conduzia a Sabará, por Vila Nova da Rainha. Por estas vias se dava o abastecimento da região diamantífera, a imigração e o escoamento da sua produção mineral. Como Circuito Turístico possui 395 km de distância, sendo 73,5% de estrada de terra (lama e poeira para todos os gostos), 26% de asfalto e somente 0,5% de trilha, onde carro, mesmo 4x4, não passa.